astrologiacarmica

Astrologia Cármica

Diferente da Astrologia tradicional, que trabalha a vibração dos signos com foco exclusivo no momento atual da pessoa, que podemos chamar de “esta vida”, a Astrologia cármica observa os elementos do Mapa Astral em um âmbito mais amplo, levando em conta que somos indivíduos com frequentes existências, que trazermos histórias, carmas e aprendizados a serem desenvolvidos e trabalhados.

A Astrologia cármica vai um pouco além do que a Astrologia chamada tradicional e busca entender o que trouxemos de vidas passadas e o que viemos aprender para superar traumas e acontecimentos que ficaram esquecidos no tempo. Já falei aqui  no blog sobre o Nodo Norte, ou a cabeça do dragão, e o Nodo Sul, ou a cauda do dragão, lembram? São eles que nos mostram o que nos é familiar, o que trouxemos de outras vidas como aprendizado e o que viemos tratar ou aprender a lidar.

A Astrologia cármica também ajuda a explicar como pessoas que nasceram no mesmo dia, hora e local têm vidas tão diferentes: sua herança e sua busca pessoal, junto com as decisões especiais que irá tomar ao longo da vida a tornam única. Todos temos nossa própria trajetória, que jamais será igual a de outra pessoa. Isso porque trouxemos uma herança ancestral que, ao ser misturada a todas as informações desta vida: nossa família, capacidades, vínculos, formam nosso blend próprio e intransferível.

Por meio da Astrologia cármica, conseguimos perceber que há muito mais a ser desvendado sobre nós mesmos. Com a leitura do nosso Mapa Astral Natal, conseguimos desenhar essa trajetória já vivida: é possível saber porque alguns assuntos nos são tão tranquilos e familiares, e porque outros nos causam medo e borboletas na barriga, só de imaginar. Experiências passadas nos moldaram para quem somos hoje. Foram nossas decisões em outros tempos que nos trouxeram a esse corpo, essa casa, essa idade do planeta e que nos permitiram trazer as ferramentas certas para os aprendizados que precisamos coletar.

Uma forma rápida que uso para avaliar os aspectos cármicos do mapa astral é através e 4 elementos: Ascendente, Casas psíquicas, Planetas Retrógrados e Nódos Lunares.

O Ascendente guia nosso movimento encarnatório, por isso é o fator que determina parte da nossa missão e da realização que viemos ter nesta vida. Ele dá o tom de toda uma vida.

As Casas Psíquicas do mapa astral são: Casa 4, 8 e 12, e mostram respectivamente o carma que vivemos cumprir através da: família que nascemos, sombras e desafios pessoais, processos inconscientes.

Os Planetas Retrógrados no Mapa Natal de uma pessoa tem a função de "revisão de aprendizados", por isso, ao mesmo tempo que apresentam assuntos que "retornam" ao longo da vida da pessoa (até que ela aprenda as lições) também mostra aquilo que já foi cumprido e conquistado em vidas passadas. Eu adoro olhar os planetas retrógrados de uma perspectiva positiva, pois também representam um mérito conquistado.

E a bússola de evolução que são os Nódos Lunares, eles dizem muito sobre nós, e sobre o que viemos aprender nesta encarnação. O Nódo Sul é a área que precisamos desapegar para cumprir nossa missão e o Nódo Norte, aonde nos desafiamos e crescemos.

Sabe aquele ditado que diz que Deus dá o frio conforme o cobertor? Pois ele é perfeito: ninguém passa por uma experiência que não seja capaz de transpor e nem vive nada que não permita um aprendizado, nem que seja para não errar novamente. Olhe para seu Mapa Astral como um guia mesmo, um mapa que vai te levar aonde você quer chegar, com as suas próprias possibilidades e sua forma única de ser no mundo.